FAVELA SOUNDS solta programação com Criolo, Rebecca, Jorge Aragão e mais

 

A Favela voltará a fazer revolução a poucos metros da Praça dos Três Poderes, em Brasília, onde trabalham nossos representantes do executivo, judiciário e legislativo. Com entrada gratuita, o festival Favela Sounds, se instala na Esplanada dos Ministérios, ao lado do Museu Nacional de Brasília.


 


Após edição online em 2021, o festival internacional de cultura de periferia retorna ao seu lugar de origem para realizar sua sexta edição, em formato presencial, mas sem deixar de lado o aprendizado do virtual. Criolo, Jorge Aragão, Rebecca, Cesar MC, Ruxell, Marley no Beat, N.I.N.A., Rachel Reis e O Poeta estão entre os 22 shows programados para os dias 29 e 30 de julho. 


 


Os ingressos podem ser retirados gratuitamente através do site www.favelasounds.com.br e no Sympla. A maratona leva o nome de O Baile, acontece a partir das 17h nos dois dias e conta com ônibus gratuito para levar e buscar público de 10 regiões distantes do centro da cidade. O Baile é o encerramento da série de atividades propostas pela edição 2022 do festival que, este ano tem como tema “Cuidado e participação: Favela Sounds é Pertencimento”. 


 


“O tema da edição quer pensar o papel crucial da criatividade no estímulo à participação social”, avalia Amanda Bittar, uma das idealizadoras do evento. 


 


Para tanto, como primeira ação desta edição, o festival lançou o LAB Meu Lugar é o Mundo, voltado a jovens lideranças de periferias do Distrito Federal. Comandado por Maíra de Deus Brito, o LAB perpassou temas como tecnologia e racismo algorítmico, diversidade religiosa, sexual e de gênero, educação, território e mobilidade, segurança e outros. Aos jovens coube a criação de um documento sugestivo de política pública baseado em um problema social debatido ao longo das sessões virtuais da atividade. O documento será apresentado pelos próprios jovens em Audiência Pública em agosto de 2022, no retorno do recesso da Câmara Legislativa do DF. O objetivo é inspirar a juventude do DF em processos de participação social. 



Entre 18 e 22 de julho, o festival realiza oficinas técnicas de som, luz e roadie em Unidades do Sistema Socioeducativo do DF. As oficinas são voltadas a jovens em processo de reinserção social, e culminam em estágio no Favela Sounds. 


 



Entre 28 e 29 de julho, o evento também vai aos ambientes de ensino público do DF, (em regiões mais vulneráveis da cidade e distantes do plano piloto) apresentando três debates que, segundo Guilherme Tavares, também idealizador do festival, “têm como intuito iluminar possibilidades profissionais no campo criativo a jovens estudantes de periferias da cidade”. As atividades contarão com aulas da empreendedora e criadora da Feira Preta Adriana Barbosa, do artista mineiro Kdu dos Anjos, e com a empresária dos Racionais MC's Eliane Dias.


 


O Baile, etapa mais aguardada do festival, ganha programação especial e novidades na retomada ao presencial. Na sexta (29), o rapper paulista Criolo abrilhanta o lineup, lançando em Brasília o álbum Sobre Viver. Do Rio de Janeiro, a cantora de grime N.I.N.A. estreia na cidade seu novo álbum Pele; e do Espírito Santo, o talento das rimas César MC apresenta pela primeira vez no DF o show do aclamado disco Dai a César o que é de César. Da Bahia e pela primeira vez em Brasília, Sued Nunes, novo talento do Recôncavo Baiano, vem abrindo a noite com show de seu álbum Travessia. De Alagoas, o DJ Cleiton Rasta também é convidado, trazendo as influências do reggae nordestino para o palco do Favela Sounds. Do DF, o público acompanha show da cantora Realleza e apresentações dos DJs UMiranda, LaBonita, Donna e V1no. E para encerrar a noite, o pernambucano Marley no Beat lança o Baile do Marley, show com a participação de três jovens talentos do pop e do bregafunk de Recife e de Olinda: UANA, Rayssa Dias e Gui da Tropa. 


 


No sábado (30), a funkeira carioca Rebecca é a atração principal da noite e responsável pelo encerramento da festa. Antes dela, apresenta-se a revelação da nova cena baiana Rachel Reis; do Pará vem o duo Guitarrada das Manas em show especial com a participação da cantora e performer Leona Vingativa; o requisitado produtor musical Ruxell - um dos principais talentos do pop brasileiro atual que assina beats de Gloria Groove; a cantora paraense radicada no DF Ediá; um dos principais nomes do pagodão atual, O Poeta; a DJ criadora de uma da equipes de pagode baiano mais proeminentes de Salvador, Paulilo Paredão; e os DJs brasilienses kLap, J4K3 e Ketlen. 



Jorge Aragão por Yves Lohan


 


E a noite reserva, ainda, um show de Jorge Aragão, referência fundamental do samba e do pagode. Nascido em Padre Miguel no dia 1º de março, dia do aniversário do Rio de Janeiro, Jorge Aragão da Cruz é cantor, sambista e compositor de inúmeros sucessos. Suas composições são mega hits da música brasileira nas vozes de Beth Carvalho, Alcione, Zeca Pagodinho, Martinho da Vila e muitos outros. 


 


Favela Sounds é uma realização da agência Um Nome, do Instituto Alvorada Brasil e do Instituto SOMA Cidadania Criativa. O festival tem patrocínio da Oi e copatrocínio da Budweiser, ambos por meio da Lei de Incentivo à Cultura do DF e conta também com recursos do Fundo de Apoio à Cultura do DF. A iniciativa ainda tem o apoio da Secretaria de Turismo do DF, Oi Futuro, LabSonica e Cultura FM.


 



Conheça também o Favela Talks

 


Realizado em paralelo ao Favela Sounds, Favela Talks é o primeiro ambiente de mercado voltado para a criatividade periférica no Brasil.


 


Acontece entre 26 e 30 de julho no Espaço Cultural Renato Russo, apresentando oficinas de iniciação em temas profissionalizantes na criatividade e cultura, talks com agentes criativos de renome nacional, sessões de mentoria e bancas de ideias para negócios criativos nas linguagens do audiovisual, música, games e tecnologia, moda e negócios de impacto social, além de rodadas de negócios e showcases com artistas periféricos do DF, única atividade apresentada na Birosca do Conic.


 


Favela Talks quer possibilitar amadurecimento profissional e oportunidades de negócios para os empreendedores criativos locais. Para tanto, provoca encontros entre a juventude criativa do Distrito Federal e grandes nomes das indústrias da música e dos negócios criativos brasileiros. As inscrições para as sessões de mentoria e bancas de ideias, bem como para as oficinas, rodadas de negócios e showcases estão abertas até 15 de julho em www.favelasounds.com.br  Apresentado e patrocinado por Natura Musical, o projeto tem patrocínio do SEBRAE, copatrocínio da Budweiser, e é uma realização da agência Um Nome. Saiba mais.

 



Programação completa - Favela Sounds 2022

 


27 de junho (segunda) a 18 de julho (segunda)


Segundas e quartas, das 18h às 21h

LAB Meu Lugar é o Mundo

15 jovens lideranças de periferias do DF são selecionadas e passam por sete encontros virtuais inspiracionais sobre participação social, em processo conduzido pela professora Maíra Brito, com convidados especiais. Os últimos dois encontros são voltados a mapear um problema público da cidade (que impacte esta juventude) e elaborar um White Paper (documento sugestivo de criação de Políticas Públicas) que possa ser entregue a parlamentares distritais, em audiência pública conduzida pelos participantes, em agosto. 


 


18 a 22 de julho (segunda a sexta)

Oficinas Técnicas para o Socioeducativo

Realização de três oficinas técnicas de 20h/aula em Unidades do Sistema Socioeducativo do DF. As atividades têm como objetivo inspirar jovens em processo de reinserção social a trilhar carreiras na indústria criativa. As oficinas são de Artesanato; Técnica em Som e Luz; e Roadie. Cada uma terá 20 alunos ligados às U.S.S. Os alunos que se interessarem poderão realizar estágio de 8h no backstage do festival Favela Sounds.


 


28 de julho (quinta)

Debate no Instituto Federal de Brasília (IFB): “Viver de ideias”, com a empreendedora e criadora da Feira Preta Adriana Barbosa.


 


29 de julho (sexta)

Debate no Instituto Federal de Brasília (IFB): “Viver de música”, com a produtora dos Racionais MCs Eliane Dias.


Debate no Instituto Federal de Brasília (IFB): “Viver de moda”, com o artista mineiro Kdu dos Anjos.


 


O Baile


29 de julho (sexta)

Sued Nunes (BA)

UMiranda (DF)

Realleza (DF)

La Bonita (DF)

César MC (ES)

DJ Donna (DF)

Criolo (SP)

Cleiton Rasta (AL)

N.I.N.A (RJ)

v1no (DF)

Baile do Marley - Marley no Beat convida UANA, Rayssa Dias e Gui da Tropa (PE)

    

30 de julho (sábado)

Ediá (DF)

DJ Ketlen (DF)

Rachel Reis (BA)

J4K3 (DF) 

Jorge Aragão (RJ)

Paulilo Paredão (BA)

Guitarrada das Manas + Leona Vingativa (PA)

kLap (DF)

O Poeta (BA)

Ruxell (RJ)

Rebecca (RJ)